Benchmarking na Área da Saúde – Os erros que seus concorrentes cometem e como você deve evitá-los

Ter um negócio próprio realmente não é uma tarefa muito fácil. E, claro, no meio de todo esse caminho do empreendedorismo é normal que ocorram alguns erros, por isso que é importante prestar bastante atenção nos erros que os concorrentes cometem, assim fica muito mais simples de conseguir evitá-los e ter prosperidade em seu negócio. Uma das maneiras utilizadas em minhas consultorias para ajudar meus clientes é realizarmos o processo de benchmarking com outros consultórios para entendermos os pontos fortes e fracos. Com isso conseguimos exaltar as melhores características e evitar os erros.

Benchmarking: O que é isso?

benchmarking

Benchmarking é um processo de comparação de produtos, serviços e práticas empresariais, e é um importante instrumento de gestão das empresas. O benchmarking é realizado através de pesquisas para comparar as ações de cada empresa (no nosso caso, consultórios, hospitais etc.).

Trazendo para nosso universo da área da saúde, o benchmarking tem o objetivo de melhorar as funções e processos de um consultório, por exemplo, além de ser um importante aliado para vencer a concorrência, uma vez que o benchmarking analisa as estratégias e possibilita o outro consultório criar e ter ideias novas em cima do que já é realizado.

O benchmarking consiste em aprender com outros estabelecimentos, sendo um trabalho de grande intensidade, que requer bastante tempo e disciplina. Pode ser aplicado a qualquer processo e é relevante para qualquer organização, tendo em conta que se trata de um instrumento que vai contribuir para melhor o desempenho da empresa, consultório, hospital ou organização.

Como foi dito acima, este processo é algo que requer tempo e esforço… Por esse motivo escrevi este artigo. Nele te entrego 11 erros em que seus concorrentes cometem e como você deve evitá-los. Conteúdo retirado das minhas consultorias e que pode te ajudar na sua jornada.

Erros que os concorrentes frequentemente cometem

benchmarking-health-solution

O primeiro deles é não ter um bom plano de negócios, para que tudo dê certo na vida é necessário ter um plano e com sua clínica ou consultório não pode ser diferente. E esse é um dos maiores erros que o profissional da saúde que almeja ser um grande gestor pode cometer. É necessário entender o tipo de negócio, a viabilidade da ideia, fazer uma análise do mercado, da concorrência, um plano de ação, um plano de investimento e claro um plano de marketing.

benchmarking-health-solution-1

Todas essas são medidas necessárias para um negócio, além, claro, da estratégia de entrada e saída, o plano financeiro e muito mais. Tudo isso só é definido quando se traça uma boa estratégia. E existem muitos erros que os concorrentes cometem, como por exemplo, não conhecer de forma aprofundada o mercado em que estão atuando. O segundo erro por  exemplo é não pesquisar o que os concorrentes oferecem. Você já pesquisou quais serviços e produtos o seus concorrentes oferecem? Quais os valores são praticados por eles? Quais são as formas de pagamento?  Como é o atendimento deles e a estrutura que oferecem?

É muito importante também sempre nadar contra a corrente, e o terceiro erro praticado no mercado é que muitos de seus concorrentes tentam imitar uns aos outros. Isso é uma ideia completamente errada sobre o mercado, que pode trazer muitos prejuízos para sua clínica ou consultório. Buscar imitar o que os outros fazem só fará com que fique invisível no mercado. Por isso busque sempre a inovação. Procure agregar serviços diferenciados na sua clínica ou consultório. E mesmo que você seja um profissional liberal é fundamental que você se instigue em ser diferente no modo de agir com seus pacientes e na forma de aplicar o seu conhecimento.

E é nessa ideia que entra o quarto erro que os concorrentes cometem, quando abrem uma clínica sem procurar o diferencial de mercado. Tente entender o que a sua área precisa e o que você pode fazer para que se destacar. Você já parou para ouvir os seus pacientes?  Você sabe realmente o que eles querem? Muitos profissionais da saúde acham que os pacientes querem somente que sua doença ou problema seja resolvido. Os erros que os concorrentes cometem é justamente achar que é só isso, e não é. Procure entender o que eles querem sobre o seu serviço ou sobre o seu produto. Trabalhe nisso, procure ideias novas e as execute.

O quinto erro é se isolar, achando que você não precisa de outras pessoas. Esse é um problema comum de muitas clínicas ou consultórios quando não buscam fazer parcerias. Elas são essenciais para o crescimento de seu negócio. Isso porque é a partir delas que você começa a expandir sua rede de contatos e conseguir atingir mais clientes, saindo um pouco de sua zona de conforto.

Para tudo na vida é necessário traçar uma estratégia e para o crescimento de sua empresa não ia ser diferente. Busque sempre um tempo para parar e refletir sobre o que pode ser essencial para o seu negócio. O sexto erro que os concorrentes cometem é muitas vezes deixar que o mercado guie sua estratégia ao invés de você guiar ela para se adaptar com as intempéries mercadológicas.

Também é bem importante nunca confundir sua receita (que é o faturamento bruto) com lucros. Esse é o sétimo erro que os concorrentes cometem, e você não se pode dar o luxo de cometer e tirar dinheiro do caixa da sua clínica para pagar uma conta de casa. Isso pode te causar diversos problemas. Não misture as coisas! Isso geralmente acontece porque muitos empreendedores não sabem diferenciar a receita que é o volume de entradas e o lucro do seu negócio, que é o que sobra depois de todas as contas pagas.

O oitavo erro que os concorrentes cometem e você tem que ficar a frente é reinvestir sempre no seu negócio. Isso porque quando os lucros aumentam muitos donos de clínicas, consultórios e até hospitais acabam cometendo o erro de não investir em áreas como instalações, infraestrutura, equipamentos, treinamentos, e é importante lembrar que uma empresa precisa estar sempre se inovando.

O nono erro cometido pelos concorrentes é acabarem não priorizando se atualizar no mercado, buscando treinando para si e para os colaboradores. É essencial manter a evolução constante!

O décimo erro cometido pelos concorrentes é não separarem um percentual do faturamento para o caixa da clinica ou do consultório. Saiba definir qual é o seu salário, a clínica pode ser sua, mas o dinheiro que sobra de todas as despesas não é. Não adianta o dono ser rico e a empresa ser pobre. Separe um valor, que pode ser no mínimo 5% do seu faturamento bruto para um caixa especial, onde o dinheiro acumulado ali seja o seu capital giro, que deverá ser utilizado quando você precisar fazer um reforma ou investimentos urgentes. Coloque a sua remuneração na mesma planilha que a de todos seus colaboradores, assim é possível diferenciar o que é seu, com o que é da empresa.

E se organização é importante, tem algo que acaba sendo mais importante que ela. O décimo primeiro erro cometido pelos concorrentes é simplesmente esquecer que o paciente é a prioridade e que sem ele você não existiria. A maneira que o cliente vai ser tratado dentro de sua clínica ou consultório deve ser o quesito número um a ser pensado por você pelos seus colaboradores. Um bom serviço faz com que você suba no conceito das pessoas em que vão consumir o seu produto ou serviço. Já um péssimo serviço ou produto pode te afastar daquele cliente para sempre e disseminar uma fama ruim sobre a sua clínica ou consultório. Procure  tratar todos os seus pacientes como você gostaria de ser tratado, se coloque no lugar deles e acompanhe como será a experiência dos seus pacientes dentro e fora da sua clínica, após suas consultas. Fique atento para não cometer os mesmos erros que seus concorrentes cometem e só assim você conseguirá ter prosperidade na sua clínica ou consultório.

PS: Se você tem interesse em melhorar cada vez mais seu atendimento, deixei disponível gratuitamente uma das ferramentas que utilizo com meus clientes. É um Checklist. Nele, eu destaco 5 Ações Simples Que Os Melhores Consultórios Fazem Para Conquistar Seu Paciente! Veja o checklist do atendimento perfeito clicando aqui.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

1 comentário em “Benchmarking na Área da Saúde – Os erros que seus concorrentes cometem e como você deve evitá-los”

  1. Pingback: Poucos pacientes? O guia simples e prático para acabar com a falta de pacientes de uma vez por todas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Módulo 1 – Conhecendo o Seu Negócio

É fundamental que você conheça como funciona o mercado em que você atua. Nesse módulo você vai aprender a entender os números que compõe o mercado da saúde, as pesquisas e os números dos concorrentes que quando bem interpretadas fazem a diferença na sua clínica.

Módulo 2 – Gestão do Dia a Dia

De nada adianta você entender de Gestão na teoria se não souber colocar ela na prática. Nesse módulo você vai aprender como colocar na prática os tópicos da sua gestão e gerenciar a sua equipe.

Módulo 3 – Como assumir a Liderança

A maioria dos gestores na saúde pensam que ser líder é ser chefe. E inicialmente para ter um negócio e até mesmo para liderar uma equipe dentro de uma clínica, hospital e um consultório, você necessita entender o que é ser líder. As pessoas querem seguir um líder. Ser chefe é coisa do passado.

Módulo 4 – Posicionamento de Mercado como Vantagem Competitiva

Saber se posicionar no mercado é o diferencial que vai te destacar para os seus pacientes e também será uma vantagem competitiva frente aos seus concorrentes. Quem não se posiciona, não se destaca, e sendo assim acaba sendo igual a todos.

Módulo 5 – Precificação

Quantas vezes você já precificou o seu serviço como deveria? Precificar comparando somente com o concorrente é um erro gigantesco. Nesse módulo você vai conhecer como precificar de verdade sua consulta e seus procedimentos. Sabe precificar é uma grande vantagem frente aos seus concorrentes.

Módulo 6 – Aprenda a Vender na sua Clínica

A Venda é o coração de uma empresa. A sua clínica é uma empresa! Mas entenda, você não deve jamais vender sem ética, empurrar procedimentos nos pacientes. Nesse módulo você vai aprender como vender sempre, todos os dias, e claro, vender sem medo de faturar.

Módulo 7 – Como desenvolver um Marketing de Sucesso

A maioria dos profissionais da saúde só se comunicam pelo Instagram. Nesse módulo eu ensino como você pode se destacar e divulgar a sua marca e seus serviços em outras redes sociais. Mostro também as diversas possibilidades que existem para a divulgação da sua clínica.

Módulo 8 – Experiência do Paciente - O futuro da Saúde

Hoje não só na saúde, mas em todos os setores da economia os pessoas procuram nas empresas um atendimento diferenciado e buscam viver uma experiência única de tudo que já viram.
A experiência do paciente é a soma de todas as interações que o paciente possa ter em um estabelecimento de saúde, desde o primeiro contato, até o momento da alta médica, que possam influenciar na percepção do cuidado, atenção e continuidade do atendimento.
E você vai aprender como implantar essa Experiência.

Módulo 9 – As Ferramentas Básicas do Atendimento

Nesse módulo vou te apresentar as habilidades técnicas que uma secretária precisa ter e quais ferramentas são fundamentais para ela se organizar.

Módulo 10 – Atendimento de Excelência

Neste módulo você vai aprender o que é um atendimento de excelência, quais são os pilares para você implantar ele na sua clínica, como lidar com pacientes insatisfeitos e exemplos de excelência de grandes marcas que vão te ensinar pequenas ações de alto impacto.

11 – Jornada de Encantamento ao Paciente

Nesse módulo você vai aprender o que é encantamento e como gerar encantamento para o seu paciente através de ações no antes, durante e depois da consulta.